WeCreativez WhatsApp Support
Nossa Equipe está aqui para responder às suas perguntas.
Oi, como podemos ajudar?

Paraguay participa da MERCOSUPER 2010

Aumentam em 68% exportações industriais paraguaias ao Brasil
15 de março de 2010
I Expo Moda Paraná-Paraguay acontece em Cianorte
6 de abril de 2010
Exibir tudo

Paraguay participa da MERCOSUPER 2010

Mercosuper

Mercosuper

Pela primeira vez, a indústria paraguaia estará  representada na 2ª maior feira do supermercadismo brasileiro, a MERCOSUPER, a realizar-se entre 18-20 de abril no Expotrade Pinhais.

Serão 21 empresas, com produtos alimentícios, cosméticos, de higiene e limpeza, brinquedos e confecções.

As empresas são representadas pelo BRASPAR – Centro Empresarial Brasil-Paraguay, entidade binacional sem fins lucrativos, criada em 2009 para fomentar a integração econômica entre os dois países.

“Além da inserção mesma dos produtos expostos no mercado brasileiro, queremos mostrar as possibilidades de as empresas paranaenses, aproveitarem um parque industrial diversificado para produzirem parte de seus produtos, através do mais baixo sistema impositivo do mundo”, diz Wagner Enis Weber, diretor do BRASPAR. E exemplifica:
“Do outro lado da fronteira, temos 45 moinhos, com capacidade de processar 800.000 toneladas adicionais de trigo. Por outro lado, o Paraguai exporta ao Brasil quase um milhão de toneladas anuais de trigo em grãos. Ora, as empresas paranaenses podem trazer farinha de trigo do Paraguai, com suas marcas, para o mercado interno, sem gastar um centavo em investimentos”.

A mudança de imagem do Paraguay e seus produtos é outro dos objetivos do BRASPAR.
“Existe uma imagem distorcida do Paraguai, e que afeta seus produtos, causada pela informalidade e confusão de 500 metros de fronteira. E quem perde dinheiro são os empresários brasileiros, que deixam de aproveitar excelentes oportunidades de negócios, por preconceito e desconhecimento”, afirma Weber.
O projeto BRASPAR é apoiado financeiramente por Itaipu Binacional, e também conta com apoio da Embaixada do Brasil em Asunción, além de entidades de classe nos dois países.

Esta é uma oportunidade para o público local conhecer mais sobre a qualidade e diversidade da produção paraguaia.

Pela primeira vez, a indústria paraguaia estará  representada na 2ª maior feira do supermercadismo brasileiro, a MERCOSUPER, a realizar-se entre 18-20 de abril no Expotrade Pinhais.

Serão 21 empresas, com produtos alimentícios, cosméticos, de higiene e limpeza, brinquedos e confecções.
As empresas são representadas pelo BRASPAR – Centro Empresarial Brasil-Paraguay, entidade binacional sem fins lucrativos, criada em 2009 para fomentar a integração econômica entre os dois países.

“Além da inserção mesma dos produtos expostos no mercado brasileiro, queremos mostrar as possibilidades de as empresas paranaenses, aproveitarem um parque industrial diversificado para produzirem parte de seus produtos, através do mais baixo sistema impositivo do mundo”, diz Wagner Enis Weber, diretor do BRASPAR. E exemplifica:
“Do outro lado da fronteira, temos 45 moinhos, com capacidade de processar 800.000 toneladas adicionais de trigo. Por outro lado, o Paraguai exporta ao Brasil quase um milhão de toneladas anuais de trigo em grãos. Ora, as empresas paranaenses podem trazer farinha de trigo do Paraguai, com suas marcas, para o mercado interno, sem gastar um centavo em investimentos”.

A mudança de imagem do Paraguay e seus produtos é outro dos objetivos do BRASPAR.
“Existe uma imagem distorcida do Paraguai, e que afeta seus produtos, causada pela informalidade e confusão de 500 metros de fronteira. E quem perde dinheiro são os empresários brasileiros, que deixam de aproveitar excelentes oportunidades de negócios, por preconceito e desconhecimento”, afirma Weber.

O projeto BRASPAR é apoiado financeiramente por Itaipu Binacional, e também conta com apoio da Embaixada do Brasil em Asunción, além de entidades de classe nos dois países.

Esta é uma oportunidade para o público local conhecer mais sobre a qualidade e diversidade da produção paraguaia.

Os comentários estão encerrados.

EnglishPortugueseSpanish